Por 06-11-2019

5 Desastres em apresentações de produtos

5 Desastres em apresentações de produtos

Quem trabalha com vendas sabe que as apresentações de produtos são um dos momentos extremamente importantes no processo. Depois de chegar ao possível cliente e receber dele um tempo do seu dia para ver o que você tem a oferecer, a etapa da apresentação dos produtos precisa ser bem pensada e realizada.

Entretanto, até chegar a esse momento, o vendedor precisa ter embasamento, treinamento, conhecimento e trabalhar com uma ferramenta que de fato o auxilie. Nesse texto abordaremos cinco desastres em apresentações de produtos. 

Sabendo quais são, tudo o que um vendedor que quer mais resultados precisa fazer é evitá-los ao máximo!

 

Ter os dados e informações corretos

 

A equipe de vendas precisa estar sempre atualizada a respeito das últimas informações sobre os produtos que comercializa. Dependendo do produto vendido, isso implica em saber as novidades do próprio produto ou mesmo sobre o preço, promoções ou venda daquele produto por outro colega.

O repasse dessas informações e dados necessita de precisão e rapidez. Para tanto, a empresa pode optar em contratar um ou mais pessoas (dependendo do tamanho da equipe e da quantidade de produtos) ou ter uma ferramenta.

Cabe aos vendedores estarem atentos às atualizações durante o processo de venda. 

 

Fotos que não valorizam o produto

 

Quando uma apresentação tem informações destoantes com as imagens do produto, a chance de venda cai bastante. Não basta que as palavras demonstrem a qualidade do produto: se as fotos não forem condizentes com todos os adjetivos ligados ao produto, o cliente não vai se interessar. 

Muitas vezes, a foto pode repelir tanto o interesse do cliente que ele sequer vai querer ver pessoalmente o produto. Uma boa primeira impressão é fundamental para que o cliente siga com o processo de venda.

O ser humano é bastante visual e, por isso, é preciso investir em fotos que valorizam o produto. E se a forma com que você apresenta seus produtos não possui uma boa plataforma de fotografias, reveja-a.

Busque um programa/aplicativo que ofereça a possibilidade de mostrar fotos – com ótima resolução – a seu cliente. Essa ação fará diferença na hora de apresentar os produtos, além da impressão do cliente ser muito mais apurada.

 

Demorar a responder para o cliente

 

O processo de venda vai para além da apresentação dos produtos. Para haver mais chances para a concretização da venda, é necessário que o atendimento prossiga – com atenção e rapidez.

Por isso não basta uma apresentação fantástica. Os vendedores precisam estar atentos e responder o mais ágil possível quando o cliente entrar em contato. 

Essa atenção demonstra preocupação, mostra o quanto aquele cliente é único e que o vendedor de fato está buscando resolver o problema de quem ele está atendendo. 

E é claro que o vendedor está interessado em fechar o negócio. Então, o tempo de resposta ao cliente pode ser um divisor de águas entre fechar ou não a venda.

 

Esquecer de focar no valor

 

Esse é um erro que também pode comprometer a venda. O cliente precisa compreender seu produto ou serviço para muito além do preço.

E é quem está efetuando a venda que precisa induzir o comprador a ter esse ponto de vista. 

Na apresentação é preciso estar bem claro o quão exclusivo, único é o seu produto ou serviço. Apontar as qualidades e os diferenciais também contribui. 

Conhecer seu cliente, nesse aspecto, faz todo sentido. Isso porque você poderá apontar como seu produto ou serviço resolve os problemas do cliente.

Destacando, na apresentação muito mais as virtudes, o preço do seu produto ou serviço será menos importante na decisão do cliente. Isso porque você demonstrou que ele tem VALOR. 

O cliente precisa entender o porquê investir na sua solução o beneficiará. E, mais profundamente, como o beneficiará. 

O preço é tangível: quantitativamente, o quanto se paga. O valor é intangível: qualitativamente, como tal produto ou serviço resolve problemas.

 

Apresentar o que é necessário sem abusar das informações

 

Algumas perguntas essenciais a se fazer antes de iniciar a apresentação são: o que meu cliente quer? O que é essencial que ele saiba?

Primeiro, sabendo qual a necessidade dele, o direcionamento dá mais objetividade à apresentação. Depois, não há razão para falar de informações muito técnicas e que fogem do real objetivo do cliente.

O efeito de levar dados extras, que não agregam, pode ser muito ruim: o desinteresse em seu produto ou serviço. 

Obviamente você precisa saber esses dados,  especialmente porque alguns clientes vão perguntar. Mas, principalmente porque um vendedor que domina o produto ou serviço que vende tem mais credibilidade.

Se você é corretor de imóveis, gerente de vendas de imobiliária ou mesmo proprietário de uma imobiliária, conheça o Beview. Ele é uma ferramenta de gestão de imóveis, que facilita seu trabalho – de forma rápida, intuitiva e organizada. 

E contribui para que sua apresentação seja mais organizada e você seja mais assertivo no momento em que estiver mostrando os imóveis à venda. 

Quer saber mais? Entre em contato conosco!

Experimente Ler Também:

Comente Você Também

Receba os conteúdos do Blog Beview em primeira mão

Tudo sobre vendas, tecnologia e mercado imobiliário.



Muito bem!

Agora você faz parte da nossa comunidade com mais de 10 mil leitores! Vamos mantê-lo informado sobre tudo o que acontece aqui no blog.

Até breve