Por 07-06-2016

Atendimento imobiliário: dicas para atuar no cenário digital

Atendimento imobiliário: dicas para atuar no cenário digital

Quando falamos em atendimento imobiliário, quase todo corretor de imóveis, ao apresentar uma casa, apartamento ou outra propriedade, já passou pela situação de ter que explicar ou buscar entender termos regionais ao seus possíveis clientes. Embaraço facilmente contornável quando se trata de um atendimento presencial, pois basta explicar para quem não entendeu, mas quando se trata do atendimento online através de chats, e-mails ou na descrição do imóvel, utilizar termos regionais pode fazer você perder uma venda.

Confira aqui 3 razões para você buscar termos imobiliários mais amplos e não derrapar no atendimento ao seu cliente.

1 – Lembre-se que seu site ampliou as fronteiras da sua imobiliária

Uma das principais razões que te motivaram a montar um site para sua imobiliária é a possibilidade de encontrar um cliente, que tenha interesse em uma de suas ofertas, mesmo que ele esteja a quilômetros de distância.

E para que esse cliente o encontre, não vai ajudar muito usar termos próprios da sua região nos títulos dos anúncios. Por exemplo, há locais no Brasil onde uma ‘suíte’ é chamada de ‘apartamento’, outros em que os ambientes que compõem um imóvel são chamados de ‘cômodos’ ou ‘peças’.

Não que esteja errado, mas coloque-se no lugar do cliente no momento de uma busca no Google e você irá entender: os termos digitados serão aqueles que têm um sentido mais amplo – “sobrado, com dois dormitórios e uma suíte, sala e cozinha” trará um resultado bem diferente de um possível “sobrado com quatro cômodos e um apartamento”.

Sejam quais forem os termos regionais mais comuns em sua cidade, você deverá evitá-los no cotidiano da sua imobiliária para não perder volume de tráfego de pessoas que buscam imóveis na região em que sua empresa atua.

2 – Respeite os termos presentes no seu sistema

Uma dica simples para não escorregar nos termos referentes aos imóveis é seguir aqueles presentes no software de gestão que você utiliza. A maioria deles atende imobiliárias em todo o Brasil e disponibiliza termos mais abrangentes, exatamente aqueles mais buscados no Google.

Mas cuidado! Mesmo quando você escolhe os termos corretos no cadastro do imóvel, fique atento para não entrar em contradição na descrição do anúncio.

É essa descrição que irá para seus canais de atendimento e ferramenta de vendas. Imagine a situação do “sobrado com quatro cômodos” do paragrafo anterior, sendo enviada para o smartphone de um cliente. Ele pode ter a impressão errada tanto sobre a qualidade quanto sobre os valores da casa que lhe interessar.

3 – Faça diferente dos seus concorrentes

Hoje, cada imobiliária possui o seu próprio cadastro sobre determinado imóvel, com uma descrição feita segundo suas próprias informações e imagens captadas. Não é difícil encontrar o mesmo imóvel anunciado pelo seu concorrente, muitas vezes com qualidade superior ao seu, e eu não preciso dizer o quanto isso é ruim para o seu negócio.

Cada vez mais, as informações são compartilhadas no mercado imobiliário. Recentemente, o governo aprovou uma lei que cria um cadastro unificado de matrículas de propriedades imobiliárias, como acontece com os automóveis, facilitando consultas e diminuindo gastos para corretores e proprietários.

Não é difícil imaginar que será preciso utilizar termos que sejam abrangentes a todo o mercado para consultar esse cadastro e compartilhar informações.

Você conhece algum caso em que termos regionais foram decisivos durante um atendimento para compra de um imóvel? Compartilhe conosco. Acreditamos que esse tema seja bastante útil para todo o mercado.

 

banner_blog_ferramenta-vendas

Denis Levati

Profissional do mercado imobiliário com experiência em implantação de atendimento online, especialista em otimização de resultados de anúncios e campanhas digitais e editor do blog Beview.

Experimente Ler Também:

Comente Você Também

Receba os conteúdos do Blog Beview em primeira mão

Tudo sobre vendas, tecnologia e mercado imobiliário.



Muito bem!

Agora você faz parte da nossa comunidade com mais de 10 mil leitores! Vamos mantê-lo informado sobre tudo o que acontece aqui no blog.

Até breve