Por 28-04-2016

Vai contratar corretor de imóveis? Saiba o que avaliar na hora da entrevista – Parte III

Vai contratar corretor de imóveis? Saiba o que avaliar na hora da entrevista – Parte III

Chegamos ao terceiro e último post da série sobre contratar corretor de imóveis. No primeiro, o foco foram as características pessoais que devem ser analisadas, conforme o perfil da equipe e a necessidade da empresa. No segundo, abordamos as habilidades e competências técnicas, também indispensáveis para alcançar as metas da empresa com a contratação.

Agora é a vez de falar sobre o contexto da contratação: quando e por que contratar?

Daniele Ariza, que atua há mais de dez anos no recrutamento e seleção de profissionais para o mercado imobiliário em São Paulo, explica que a decisão é tomada em conjunto com a equipe comercial: “decidimos por contratar novos profissionais quando percebemos que a demanda de atendimentos internos e externos da imobiliária não está compatível com a busca do mercado na região em que atuamos.”

Em outras palavras, a equipe precisa ser ampliada quando o mercado está buscando mais atenção do que os corretores são capazes de oferecer, seja na apresentação de imóveis, seja no contato pós apresentação, seja no encaminhamento da ‘papelada’ necessária em cada transação imobiliária.

Como saber se é a hora certa

Essa decisão precisa ser bem avaliada, especialmente em momentos de instabilidade econômica, como o vivido no Brasil hoje. A contratação não pode ser definida depois de um dia ou uma semana com alta nos atendimentos. É preciso que essa demanda (de clientes) maior que a oferta (de corretores) seja constante.

Então, em tempos de crise, a orientação é não contratar corretor de imóveis?

Depende. Daniele aponta para uma questão específica desse segmento de mercado: “diante da crise que enfrentamos em nosso país, que nos deixa hesitantes em relação a qualquer investimento, a compra de imóveis ainda é a opção mais segura.”

Nesse sentido, aplica-se a velha máxima que diz: ‘é em momentos de crise que se cresce’. Ou seja, aproveita-se a fragilidade do contexto político e econômico, em que as pessoas evitam os investimentos de risco, para apostar na expansão de negócios imobiliários, já que, historicamente, esses são os que oferecem menos chances de perda de capital.

Os melhores conteúdos sobre o mercado imobiliário a um clique de distância. Assine nossa newsletter.

Entendendo o mercado

Ainda que o mercado esteja favorável, quem está chegando agora precisa ser alertado do que está por vir. “O candidato muitas vezes ingressa atraído pela possibilidade de altos ganhos, porém também encontra um meio altamente competitivo e nem sempre muito amigável”, ressalta Daniele.

Ela chama a atenção dos recrutadores para a importância de deixar claro ao ‘novato’ como funciona o começo da carreira. “O candidato precisa ter em mente toda a rotina, burocracia e investimento que esses primeiros passos exigem, a começar pela inscrição no curso Técnico em Transações Imobiliárias e, consequentemente, no cadastramento no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci).”

Caso contrário, todo o esforço e tempo despendido no recrutamento, seleção, contratação e treinamento terão sido em vão se na primeira dificuldade o corretor contratado desistir da vaga, o que, segundo Daniele, não é muito raro: “Nessa modalidade de trabalho, em que o contrato pode ser rescindido a qualquer hora, e os profissionais são 100% autônomos, reter talentos tem sido um grande desafio e o turnover acaba sendo inevitável.”

E, se tempo é dinheiro, a melhor opção ainda é analisar o mercado para decidir a melhor hora de contratar corretor de imóveis. O planejamento, nesse caso, é fundamental para que todos – imobiliária, corretor e clientes – saiam ganhando.

Depois de ler esses apontamentos, você concorda que é assim que o mercado funciona? Conhece um jeito de fazer diferente? Deixe sua opinião nos comentários. Novos pontos de vista são sempre enriquecedores.

 

banner_blog_hangout_beview_600px-pos-evento

 

 

Marcelo Spegiorin

Empreendedor do segmento imobiliário e de tecnologia, editor do blog Beview e especialista em formação de equipes de vendas.

Experimente Ler Também:

Comente Você Também

Receba os conteúdos do Blog Beview em primeira mão

Tudo sobre vendas, tecnologia e mercado imobiliário.



Muito bem!

Agora você faz parte da nossa comunidade com mais de 10 mil leitores! Vamos mantê-lo informado sobre tudo o que acontece aqui no blog.

Até breve